Vitória, 24 de Abril de 2014
31/7/2009 às 13h9 - Atualizado em 31/7/2009 às 13h44

Jovens mortos em acidente em Camburi passaram a noite em festa, diz amigo

TV Vitória
Redação Folha Vitória

Foto: Reprodução TV Vitória
O acidente que matou dois jovens na Praia de Camburi, em Vitória, na madrugada desta sexta-feira (31) deixou amigos e familiares das vítimas chocados. Muitos estiveram pela manhã no Departamento Médico Legal (DML) para identificar os corpos e dar apoio aos parentes. Segundo um deles, os jovens tinham passado a noite em uma festa na Serra. Não há confirmação de que eles tivessem ingerido bebidas alcoólicas.

"A gente se encontrou por volta de 9h30 e ficamos batendo papo. Depois os levamos a uma festa. Eles não estavam de carro. O Élisson não dirige. Não tem carteira. Eles ficaram na festa. Pelo que sei, eles foram para a casa do Rafael de táxi, pegaram o carro e o Rafael ia levar o Élisson para Jardim da Penha, onde ele mora. Eu não sei se eles tinham bebido", contou um amigo, o universitário Edivaldo Sena.

Foto: Reprodução TV Vitória
Os primeiros familiares a chegarem ao DML para fazer o reconhecimento dos corpos foram os tios de Carlos Rafael de Nardi Mota, de 22 anos. Duas amigas da família também chegaram ao local. Ninguém quis falar com a imprensa. Abalados, os pais de Rafael não compareceram ao local para fazer o reconhecimento.

Os pais de Élisson Vieira Dilli, de 25 anos, a segunda vítima, também não foram vistos no local pela manhã. Eles moram em Guarapari, ao sul do Estado.

O condutor do carro perdeu o controle da direção na Avenida Dante Micheline logo após o cruzamento com a Avenida Adalberto Simão Nader. O veículo bateu em um poste. O impacto foi tão forte que o veículo foi partido ao meio. Os dois jovens morreram na hora. O velocímetro ficou travado em 140 km/h.

Codigo de segurança
Digite o código de segurança no campo abaixo:

mais lidas

A Rede Vitória faz parte do
4Ps Todos os direitos reservados © 2007-2014