• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cunhado da apresentadora Ana Hickmann é absolvido da acusação de homicídio

Entretenimento

Cunhado da apresentadora Ana Hickmann é absolvido da acusação de homicídio

Rodrigo, que era um fã obcecado por Ana Hickmann, invadiu o hotel onde a apresentadora estava hospedada em maio de 2016

Foto: Reprodução / Instagram

O empresário Gustavo Correa, cunhado da apresentadora Ana Hickmann, foi absolvido na terça-feira (10), por unanimidade, da acusação de homicídio doloso pela morte de Rodrigo Augusto de Pádua, que aconteceu em 2016. 

Para quem não lembra da situação, Rodrigo era um fã obcecado por Ana Hickmann, e invadiu o hotel em que ela estava hospedada em Belo Horizonte, Minas Gerais. Na ocasião, Rodrigo tentou matar a apresentadora. 

O agressor estava armado e acabou atingindo a mulher de Gustavo Corrêa, que também estava no mesmo quarto junto com a apresentadora. Gustavo afirma ter entrado em luta corporal com o homem, e conseguiu tomar a arma do agressor, e em forma de defesa disparou três tiros contra o indivíduo.

Gustavo já havia sido absolvido em primeira instância, mas o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) recorreu da decisão. Entretanto, no julgamento do recurso na terça-feira (10), o procurador que compareceu à sessão na 5ª Câmara Criminal de Justiça, optou por não se manifestar oralmente.

No julgamento, os três desembargadores foram unânimes em entender que o empresário agiu em legítima defesa. O julgamento durou cerca de 20 minutos. O advogado Fernando José da Costa, apresentou os argumentos da defesa. Já o procurador presente não se pronunciou oralmente. Na sequência, os desembargadores proferiram a sentença favorável a Gustavo, cunhado de Ana Hickmann.

A ausência da apresentadora, foi a pedido do próprio cunhado. Gustavo não quis a presença da família, para poupa-los do desgaste.

A absorção foi comemorada pelo advogado de Gustavo: "seria um absurdo não se entender que agiu Gustavo Corrêa em legítima defesa. Era uma dinâmica na qual os três disparos ocorreram sequencialmente e, evidentemente, por tudo o que aconteceu naqueles 31 minutos de pânico, como bem disse a magistrada, não importavam nem a quantidade de disparos", afirmou Costa.

Em suas redes sociais, a apresentadora Ana Hickmann também mostrou seu apoio ao cunhado e estava otimista com o resultado: