• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Retrospectiva FV 2018: os fatos de maior repercussão no Espírito Santo

RETROSPECTIVA Folha vitória 2018

Geral

Retrospectiva FV 2018: os fatos de maior repercussão no Espírito Santo

De janeiro a dezembro, os acontecimentos que marcaram os capixabas ao longo do ano de 2018

Wing Costa e Thamiris Guidoni

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução

Mais um ano chega ao fim recheado de fatos que agora fazem parte da nossa história. O Folha Vitória acompanhou o leitor durante todo ano de 2018, levando as principais notícias e discutindo os assuntos de maior repercussão no Espírito Santo, no Brasil e no Mundo.

Acompanhe mês a mês tudo que foi destaque e que fez parte da vida de todos nós ao longo de 2018.



JANEIRO

Foto: Reprodução

O ano começou turbulento para muitos capixabas. Quem utiliza o transporte público na Grande Vitória enfrentou a maior greve de rodoviários dos últimos 20 anos. Iniciada em dezembro, a paralisação terminou no dia 10 de janeiro.

No mesmo mês, foi deflagrada a operação 'Lama Cirúrgica', que colocou atrás das grades empresários e médicos que vendiam e reutilizavam materiais cirúrgicos em pacientes. Alguns instrumentos já tinham sido utilizados mais de 2.500 vezes.

FEVEREIRO

Foto: Reprodução

O segundo mês do ano é de festa e alegria na folia do Carnaval. No Carnaval capixaba, em meio à animação dos mais de 40 blocos em Vitória, foliões se envolveram em brigas durante uma das atrações de rua no centro da cidade. A confusão foi contida por policiais militares. 

MARÇO

Foto: Divulgação

O mês de março foi movimentado. Em Vitória, a polêmica Linha Verde começou a funcionar e dividiu opiniões. Dias depois, a liberação da faixa exclusiva para ônibus, táxis e vans foi suspenso após recurso de um morador do bairro da Mata da Praia. No entanto, o corredor passou a funcionar normalmente ao longo do ano, usado também por carros de passeios que tenham pelo menos três pessoas.

ABRIL

Foto: Reprodução

Em abril o Espírito Santo recebeu uma das notícias mais tristes do ano. No feriado de Tiradentes, os irmãos Kauan e Joaquim morreram. Na data, acreditava-se que os irmãos teriam morrido vítimas de um incêndio na casa onde moravam. Dias depois, o pastor Georgeval, pai de um e padrasto de outro, foi preso. Ele foi acusado de estuprar, espancar os irmãos e, em seguida, atear fogo na casa. Já a mãe, Juliana Sales, foi presa meses depois, também por envolvimento no caso. 

MAIO

Foto: EBC

O mês de maio ficou marcado pela greve dos caminhoneiros. A categoria bloqueou as estradas Brasil afora - e não foi diferente no Espírito Santo. A paralisação afetou gravemente os brasileiros:  falta de alimentos, combustível e outros produtos básicos, além de comprometer atendimentos em hospitais e repartições públicas. 

Os caminhoneiros pediam a redução do preço do diesel, bem como a revisão da tabela do frete. Após os protestos, o presidente Michel Temer assinou um decreto que congelava o preço do diesel no valor negociado com a categoria. 

JUNHO

Foto: Prefeitura de Vitória/ Diego Aves

Em junho, a pesquisa Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) 2018, que avalia estatísticas de saúde, educação, emprego e renda dos municípios brasileiros, apontou Vitória como a sexta capital mais desenvolvida do Brasil.

JULHO

Foto: Reprodução

Em julho, três trabalhadores morreram enquanto atuavam em um navio atracado em Portocel, em Barra do Riacho, Aracruz. Eles inalaram um gás tóxico que estava concentrado no porão da embarcação. As vítimas atuavam como Trabalhadores Portuários Avulsos (TPAs) e executavam atividades no navio Sepetiba Bay. 

Adenilson Carvalho, de 47 anos, o arrumador Clóvis Lira da Silva, de 52 anos, e o estivador Luiz Carlos Milagres, de 64 anos, foram as vítimas do acidente.

Foto: Reprodução

O mês também foi de conquista para o maior jornal online do Espírito Santo. O Folha Vitória ganhou o Prêmio Colibri, na categoria 'Internet'. A premiação acontece no ano em que o Folha Vitória completa 11 anos.

AGOSTO

Foto: EBC

Nas cidades de Vila Pavão e Barra de São Francisco, no Noroeste do Estado, foi decretada situação de emergência por um surto de malária. Em poucos dias, 50 casos da doença já haviam sido confirmados. Os municípios criaram uma força-tarefa com o uso de carros fumacê e orientações à população. Em Vila Pavão, um laboratório foi montado para oferecer assistência aos moradores com sintomas da doença, além de realizar exames com resultados em cerca de 30 minutos.

Foto: Reprodução

O governador Paulo Hartung sofreu um acidente ao chegar no município de Domingos Martins, região serrana do Espírito Santo. A cauda do helicóptero que transportava Hartung chocou-se contra uma trave de futebol durante o pouso. O governador participaria de um festival de cinema. Não houve feridos.

SETEMBRO

Foto: Reprodução

Uma operação no meio da Terceira Ponte parou o trânsito entre Vitória e Vila Velha. Cerca de oito profissionais atuaram em uma ação de resgate a uma tentativa de suicídio no local. Foram oito horas de interdição na principal ponte que liga os dois municípios.  Durante a ação, alguns motoristas tentaram furar o bloqueio feito pela PM, que usou gás de pimenta para conter quem tentou passar.

Com oito horas de bloqueio, um trânsito enorme foi formado nos acessos e saídas da capital. A vítima foi resgatada com sucesso e logo após o acontecimento, autoridades discutiram alternativas para evitar esse tipo de situação. Foram apresentadas quatro propostas de grades de contenção para a Terceira Ponte. Uma consulta pública foi aberta pela ARSP, e a população pode participar votando em uma das opções. 

Outro acontecimento que marcou o mês de setembro foi o incêndio em um apartamento no bairro República, em Vitória. Um casal e dois filhos moravam no local. Infelizmente, uma das crianças ficou presa no banheiro e não resistiu aos ferimentos. 

As Ecobalsas começaram a funcionar. Com passagens a R$ 50, os passeios entre Vila Velha e Vitória são realizados nos fins de semana e feriados. A viagem passa pelos principais pontos turísticos das cidades situados à beira mar. 

Aconteceu também o caso ainda sem conclusão do piloto de asa delta que partiu de Linhares rumo à Bahia. Maike Estefaneli Barcelos, 30 anos, estava a bordo de uma aeronave modelo Trike, que é uma asa delta motorizada. Até hoje não se sabe onde ele está. 

OUTUBRO

Foto: Reprodução

Em outubro, além das eleições, o frio e a chuva fizeram parte da rotina do capixaba. Um inverno tardio causou os transtornos já característicos do grande volume de precipitação no estado. Ruas alagadas, trânsito complicado, alguns deslizamentos e pessoas desabrigadas e desalojadas foram notícia.

Também em outubro, o planalto decidiu a data de início do horário de verão. Desta forma, este ano o horário de verão teve início em 4 de novembro. Anteriormente, estava previsto para o dia 28 de outubro.

NOVEMBRO

Foto: Reprodução

Um trágico acidente com um ônibus deixou duas pessoas mortas e vários feridos. O veículo transportava estudantes da Universidade Federal do Estado (Ufes) e da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Alegre (Fafia) entre as cidades de Muniz Freire e Alegre.

E assim como em janeiro, rodoviários aprovaram uma nova greve. Os rodoviários não aceitaram o reajuste de 2% repassado no salário e também nos benefícios, como plano de saúde e ticket alimentação dos trabalhadores.

Mais um título na conta! A TV Vitória/Record TV ganhou, pela 6ª vez, o título de melhor TV regional do Brasil. 

DEZEMBRO

Foto: EBC

No último mês do ano, os capixabas enfrentaram mais uma paralisação nos transporte público. Rodoviários e empresários chegaram a um acordo após dois dias de redução de coletivos e dificuldade no transporte dos capixabas.

Também foi anunciada a proibição do uso de canudos plásticos em todo o Espírito Santo. A medida adotada tem como objetivo reduzir a poluição causada pelos descartáveis, já que demoram muitos anos para de desintegrarem na natureza. 

E o médium conhecido como João de Deus foi alvo de mais de 300 denúncias feitas por mulheres, que o acusam de abuso sexual. Entre as centenas de denúncias, o Ministério Público de Goiás recebeu o relato de uma vítima do Espírito Santo. 

As luzes de Natal foram as protagonistas no mês de dezembro. A capital Vitória recebeu iluminação especial por toda a cidade, com destaque para o Parque Moscoso, que retomou seu charme e atraiu milhares de visitantes. Domingos Martins também agradou com seu brilho tradicional, além das criativas decorações elaboradas pelas cidades do Espírito Santo. 

Foto: Reprodução

Outro caso que abalou todo o Espírito Santo no último mês do ano foi o desaparecimento de duas crianças no mar da Barra do Jucu, em Vila Velha. Os meninos teriam ido à praia escondidos das mães. Dias depois, o corpo de Dhanyel, de 12 anos, foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros durante as buscas. Já Geanderson, de 9 anos, segue desaparecido. Um vídeo divulgado mostra o momento em que as crianças brincavam na areia da praia antes de entrarem no mar. Assista:

* Colaboração: Vinícius Prúcoli Guidoni