• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Morte após invasão na Praia do Canto: Corregedoria da PCES vai investigar conduta de delegado

Polícia

Morte após invasão na Praia do Canto: Corregedoria da PCES vai investigar conduta de delegado

Dono do apartamento onde ocorreu o caso foi conduzido à Delegacia Regional de Vitória, onde foi autuado por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, mas tão somente de defender a própria integridade física e da família

Foto: Leitor/whatsapp

A Corregedoria da Polícia Civil do Espírito Santo vai investigar a conduta do delegado que atendeu o caso em que um médico matou a facadas um morador em situação de rua que havia invadido o apartamento dele, na Praia do Canto, em Vitória, na noite de quarta-feira (25). 

De acordo com a PCES, o dono do imóvel foi conduzido à Delegacia Regional da capital, onde foi autuado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, mas tão somente de defender a própria integridade física e da família. O médico foi liberado após pagamento de fiança, no valor de R$ 800.

A Polícia Civil informou que o Inquérito Policial será encaminhado ao Ministério Público Estadual, que definirá pela denúncia ou arquivamento. Disse ainda que a Corregedoria acompanha o andamento do caso, como é de praxe em situações de ampla repercussão, como esta. "Faz parte das atribuições da Corregedoria orientar e analisar a conduta de todos os policiais civis do Estado", ressaltou a PCES, por meio de nota.

O caso aconteceu por volta das 22h30 desta quarta-feira. Imagens gravadas por vizinhos de outro condomínio mostram o suspeito invadindo o condomínio e conseguindo escalar a varanda do primeiro andar.

Dentro do apartamento moram um casal e as filhas. Na tentativa de se defender, o casal tentou empurrar o suspeito, que insistiu e desferiu chutes contra as vítimas. 

Em determinado momento, o invasor se jogou na varanda do apartamento e iniciou uma luta corporal com o médico. No vídeo, moradores do prédio gritavam e pediam por socorro na tentativa de ajudar o casal. 

Para conter o suspeito, a vítima desferiu vários golpes de faca contra o homem, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O morador chamou o resgate e acionou uma equipe da Polícia Militar, que, chegando ao local, constatou a morte do suspeito, um morador em situação de rua.

Policiais civis também foram acionados e iniciaram os trabalhos de perícia na varanda do imóvel. O corpo do suspeito foi levado ao Departamento Médico Local (DML) de Vitória, onde deve passar por exames e ser reconhecido e liberado por familiares.