Vai viajar? Veja 8 dicas para não comprometer a dieta

Saúde

Vai viajar? Veja 8 dicas para não comprometer a dieta

Equilíbrio é tudo! Se você comer muito no almoço, coma algo mais leve à noite e vice-versa. Isso vai evitar aquele sentimento de culpa e a sensação de estômago pesado.

Bianca Santana Vailant

Redação Folha Vitória
Foto: Mariana Lima

Mais um fim de semana batendo na porta, período de férias escolares, o que não faltam são motivos para sair da rotina e conhecer um lugar novo ou aproveitar para revisitar lugares especiais. 

Apesar das condições favoráveis, quando o assunto é viagem, muita gente logo se preocupa com a dificuldade de manter a rotina e a disciplina na alimentação, por exempo. Mas, segundo a nutricionista Beatriz Gaudio, esse nunca será um problema para quem tem um estilo de vida saudável.

Se você quer começar a desfrutar de um estilo de vida mais saudável, confira abaixo algumas dicas da especialista que irão te auxiliar:

Dê preferência a acomodações com cozinha, se possível: não conte com a sorte de que haverá inúmeras opções saudáveis à sua disposição.

Invista em um café da manhã completo: para que o organismo fique bem e seja possível aproveitar todas as atividades programadas, escolha alimentos que fornecem energia e saciedad. Assim, é possível sentir menos vontade de comer besteiras na rua. 

Se tiver uma cozinha, prepare ovos mexidos, tapioca ou um café coado. Mesmo sem cozinha você pode levar pães de fermentação lenta (que garantem melhor digestibilidade), patês, queijos, frutas, iogurte e granola. 

Apenas invista em uma caixa térmica e gelo para conservar os alimentos.

Prepare lanchinhos: antes de sair prepare a alguns itens que ajudam na hora da fome entre as grandes refeições como castanhas, frutas, smoothies, snacks saudáveis e sanduíches naturais.

Equilibre suas refeições: é normal exagerar em uma ou outra refeição, especialmente se for conhecer um restaurante que sirva uma deliciosa comida típica. Você não precisa se privar desses prazeres, o que vale é o equilíbrio! 

Se você comer muito no almoço, coma algo mais leve à noite e vice-versa. Isso vai evitar aquele sentimento de culpa e a sensação de estômago pesado.

Aposte no Slow Food: coloque em prática algumas das ideias do movimento Slow Food, como investir na culinária local e que privilegie pequenos produtores, além de sentar-se à mesa e degustar o prato sem pressa.

Não exagere no álcool: moderação é a palavra chave para tudo. Quer beber? É claro que não tem problema, mas não exagere na quantidade, evite ingerir com o estômago vazio e intercale com goles de água.

Essas atitudes ainda evitarão uma desagradável ressaca no dia seguinte, que poderá comprometer parte da viagem.

Exercite-se: caminhada já é o suficiente e uma maneira de deixar o corpo ativo, eliminando os excessos, além de conhecer o lugar que está visitando, apreciar os costumes do povo e participar da rotina dos locais.

Hidrate-se: esse hábito, além de evitar a desidratação, garante mais energia e até prolonga a saciedade.