• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Não usar fio dental pode levar à perda de dentes, afirma cirurgião dentista

Saúde

Não usar fio dental pode levar à perda de dentes, afirma cirurgião dentista

O especialista Gustavo Menegucci explica que falta de limpeza adequada pode levar à inflamação da gengiva, o que pode se tornar grave, com perda dentária

Foto: Divulgação

Conhecido como ‘Mágico da Ortodontia’, o especialista Gustavo Menegucci explica que falta de limpeza adequada pode levar à inflamação da gengiva, o que pode se tornar grave, com perda dentária.

Não apenas escovar os dentes após as refeições, principalmente antes de dormir, é suficiente. Escovar da forma correta, usar sempre o fio dental e visitar regularmente o dentista é o que garante saúde bucal. O cirurgião dentista Gustavo Menegucci explica que a falta de higiene e de acompanhamento odontológico podem gerar doenças graves e até a perda dos dentes.

“Observamos em inúmeras das vezes que o problema se iniciou como gengivite, pela falta de fio dental e escovação correta, avançou ao estágio de periodontite, o que pode levar à perda de vários dentes, até perda total”, alerta.

Menegucci destaca que a periodontite pode ser genética e que já tratou de pacientes nesta condição, “em alguns casos são hereditários, porém pode ser controlado com visitas regulares ao dentista”.

No entanto, muitos casos poderiam ser evitados com cuidados diários, “acomete mais pacientes com dificuldade na higienização e que não visitam o dentista”. Para quem sofre dos estágio mais graves, não resta alternativa a não ser colocar implantes ou próteses para substituir os dentes.

Por ser algo ligado ao acúmulo de placa, raramente atinge os mais jovens, “com o passar dos anos, o acúmulo de placa deve ser controlado pelo profissional”. Os sintomas são gengivas inchadas, vermelhas e sensíveis, muitas vezes a pessoa apresenta mau hálito e até sangramentos. Nem sempre há dor, o que pode levar o paciente a procurar ajuda em situações extremas. Somente o profissional poderá curar, fazendo a limpeza adequada e receitando remédios.