Até coreógrafo da Europa! ES terá festival internacional de dança

PEDRO PERMUY

Entretenimento

Até coreógrafo da Europa! ES terá festival internacional de dança

Evento acontece no Palácio da Cultura Sônia Cabral no fim deste mês e contará com apresentação de 350 profissionais de todo o Estado

Pedro Permuy

Redação Folha Vitória
Foto: Pixabay
(Foto ilustrativa)

O Espírito Santo receberá, nos dias 29, 30 e 31 de outubro, o Festival Internacional de Dança, que acontecerá no Palácio da Cultura Sônia Cabral, no Centro de Vitória. 

O evento terá a participação de nomes que são destaque no mundo todo, inclusive coreógrafos famosos que já receberam prêmio até na Alemanha. A coordenação é da capixaba Liviane Pimenta, mesma que trará ao Estado o Quebra Nozes com Ana Botafogo e Carlinhos de Jesus, como a Coluna Pedro Permuy já adiantou

LEIA TAMBÉM: Espetáculo de Carlinhos de Jesus e Ana Botafogo no ES será de graça 

Nomes como Maria Vakhrushva, da Rússia; Gisela Vaz, que é formada em Nova York, nos Estados Unidos; Marco Sanches, que já teve coreografias premiadas na Alemanha; Rafa Gomes, artista educador convidado na Operah de Goteborg na Suécia e Cia As Palavras em Bruxelas; além do coreógrafo Caio Nunes, responsável pela criação da coreografia da abertura do Fantástico e que também assina as coreografias infantis e adultas de abertura do festival.

O Festival Internacional de Dança do ES (Fides), com a chancela do Conselho Brasileiro da Dança, acontece em vários estados com o objetivo de incentivar a educação, a cultura, a saúde, fomentar emprego e renda no setor criativo, o comércio e o turismo em todos os seus âmbitos. 

Ainda assim, o evento deste ano promete ter a participação de 350 profissionais de quase todas as cidades capixabas, como Liviane confidencia ao Folha Vitória. Grupos do Paraná, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Ceará também participarão. 

Os grupos com trabalhos destaques poderão ser gratificados com bolsas para os festivais do Conselho Brasileiro de Dança, cursos pelo Brasil e exterior, além de recomendação para dançar na Disney em janeiro de 2022.

Em 2018, o evento contou com Ana Botafogo, que palestrou sobre sua trajetória, e nesta segunda edição, deste ano, terá workshops, cursos e palestras que começam no dia 29 com a diretora, Liviane, e jurados do evento. 

Para a diretora do festival, Liviane Pimenta, que é também delegada do Conselho Brasileiro da Dança no Estado, o evento terá destaque nacional.