• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

No 100º jogo de Neymar, Ederson brilha e Brasil empata com Senegal

Esportes

No 100º jogo de Neymar, Ederson brilha e Brasil empata com Senegal

Desde a conquista da Copa América, o Brasil não conseguiu vencer um jogo. Foi uma derrota para o Peru, e dois empates contra a Colômbia e o Senegal. Há seis anos, a seleção não apresentava esse histórico negativo

Foto: Reprodução / Instagram

No 100º jogo de Neymar com a camisa verde e amarela, a seleção brasileira não conseguiu jogar contra o Senegal, nesta quinta-feira (10), em Singapura. Liderados pelo atacante Sadio Manè, os africanos dominaram o time de Tite, que só empatou em 1 a 1 graças ao goleiro Ederson.

Roberto Firmino fez o gol do Brasil e Diédhiou, de pênalti, marcou para Senegal.

Desde a conquista da Copa América, o Brasil não conseguiu vencer um jogo. Foi uma derrota para o Peru, e dois empates contra a Colômbia e o Senegal. Há seis anos, a seleção não apresentava esse histórico negativo.

A equipe de Tite começou a partida bem e conseguiu um gol antes dos 10 minutos de jogo. Philippe Coutinho lançou Gabriel Jesus, que avançou na área e deu um belo toque para Roberto Firmino bater de primeira e encobrir o goleiro Gomis.

Firmino poderia ter feito o segundo gol, após jogada com Coutinho, mas foi travado pela defesa senegalesa.

Mas a partir dos 20 minutos, a seleção africana equilibrou a partida e chegou a ter mais posse de bola. Liderados por Manè, atacante do Liverpool, o Senegal chegou seis vezes com perigo no gol de Ederson.

Em uma das descidas africanas, Marquinhos derrubou Mané na área. Diédhiou cobrou o pênalti e empatou para Senegal.

No finzinho do primeiro tempo, Neymar teve a primeira chance no jogo, mas Gomis defendeu um chute colocado do camisa 10 do Brasil.

Segundo tempo

Os brasileiros voltaram do intervalo dispostos a mudar a história da primeira etapa, até chegou ao gol duas vezes, com Casemiro e Coutinho. Mas Neymar e companhia erraram muitos passes e encontraram muita dificuldade contra o organizado e forte time africano.

Para tentar acabar com o domínio do Senegal, Tite colocou em campo o artilheiro da Copa América. Éverton Cebolinha entrou no lugar de Roberto Firmino. Mas as bolas paradas foram as opções para o Brasil chegar ao gol.

Neymar cobrou três faltas direto para o gol, mas só uma passou pertinho da trave de Gomis.

A pressão de Senegal durou o jogo todo e as finalizações pararam na boa atuação de Ederson. No fim do jogo, o goleiro do Manchester City assegurou o empate após chute de Sidy Sarr. Quando ele não defendeu, o travessão parou os africanos.

A seleção brasileira volta a campo no próximo domingo (13), às 9h, contra a Nigéria.

Com informações do Portal R7.