• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Coronavírus: Prefeitura proíbe entrada de crianças e idosos em supermercados

Geral

Coronavírus: Prefeitura proíbe entrada de crianças e idosos em supermercados

A decisão foi tomada depois de um reunião entre empresários e o prefeito Guerino Zanon

Foto: TV Vitória
Além de limitar a entrada desses grupos, outras medidas foram adotadas para evitar aglomeração.

A Prefeitura de Linhares tornou mais rígidas as medidas para evitar o avanço do coronavírus na cidade. Depois de uma reunião, nesse domingo (22), entre empresários e o prefeito da cidade, Guerino Zanon, ficou definido que idosos e crianças estão proibidos de entrar em supermercados.

A determinação começa a valer nesta segunda-feira (23). Segundo a prefeitura, a entrada de homens e mulheres acima dos 60 anos de idade e de crianças com menos de dez, que são os mais vulneráveis em relação ao coronavírus, vai ser restringida.

Além disso, para evitar aglomerações, orientação do Ministério da Saúde para que o vírus não se prolifere, devem ser atendidas nos caixas, no máximo, dez pessoas por vez. A prefeitura orienta que vá, apenas, uma pessoas da família ao supermercado.

“Além de limitar a entrada de crianças e idosos, pedimos que os donos de supermercados reforcem os cuidados dentro das lojas, como colocar álcool em gel à disposição dos consumidores, a higienização de carrinhos, cestas de compras e pontos de contato”, orientou o prefeito Guerino Zanon.

Linhares tem dois casos confirmados da doença e 27 suspeitos, de acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, nesse domingo (22). Por conta dessas notícias, supermercados da cidade lotaram nos últimos dias, mas o representante dos supermercadistas, Aderbauer Pedroni, disse que não há problemas de abastecimento nas lojas.

“Precisamos tranquilizar a população de que os supermercados estão preparados para atender à demanda e estão trabalhando para que os itens não faltem nas prateleiras e se mantenha equilíbrio de preço nos pontos de vendas”, disse.

Comércio e licença

Ainda nesse domingo (22), o prefeito de Linhares, Guerino Zanon, informou que lojas do comércio que continuarem abertas durante o período do coronavírus podem perder a licença de funcionamento.

Na última quinta-feira (19), como medida para evitar a proliferação do coronavírus, o prefeito decretou que restaurantes, bares e similares fiquem fechados. Só devem funcionar, segundo o prefeito, se o estabelecimento tiver estrutura para vendas por telefone, online e suporte de entrega.

Foto: Secom/PML
Guardas estão nas ruas orientandos comerciantes.

Farmácias, supermercados, padarias, alimentação e cuidados animais, postos de combustíveis funcionarão normalmente, de acordo com o decreto, porque foram considerados serviços essenciais. A Guarda Civil Municipal está fiscalizando.

“Os agentes da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar estão nas ruas para poder fechar o comércio que não seguiu a determinação do decreto e, inclusive, notificando a Polícia Civil pois trata-se de crime previsto no código penal e na legislação federal. Em caso de reincidência será efetuado não apenas o fechamento, mas a cassação da licença de funcionamento por tempo indeterminado”, alertou o prefeito Guerino Zanon.