• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Pandemia faz diminuir doações de sangue em hospital de Cachoeiro

CORONAVÍRUS

Geral

Pandemia faz diminuir doações de sangue em hospital de Cachoeiro

A unidade de saúde registrava uma média entre 30 a 40 doadores por dia, e em meio a pandemia, o número foi reduzido a 15, o que tem causado preocupação

Foto: Divulgação

A pandemia do Novo Coronavírus tem mudado a rotina em Cachoeiro de Itapemirim. Os estabelecimentos comerciais, pontos culturais e espaços públicos foram fechados e a recomendação no momento é de isolamento social.

No entanto, há setores que não podem parar. A área da saúde está funcionando – exceto as consultas, exames e cirurgias eletivas, com algumas recomendações, com o intuito de evitar o contágio do vírus que está se espalhando pelo mundo.

Um dos setores que permanece funcionando é o Banco de Sangue do Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI). O fornecimento de sangue e seus componentes atende os pacientes internados na instituição e dos municípios vizinhos.

“O nosso quantitativo de doadores tem diminuído muito nesses últimos dias devido ao Coronavírus. É claro que precisamos nos cuidar, mas nossos pacientes continuam precisando de transfusão”, explica a assistente social Tatiana Alemonge, que também é responsável pela captação de doadores do Banco de Sangue.

Segundo Tatiana, as doações o número de doares que costumava ser entre 30 e 40 por dia, não tem chegado a 15. Isso é preocupante pois pode ocorrer desabastecimento. “Pensando nisso, pedimos a população que não deixe de vir doar mas respeitem as restrições”, completa.

Antes de comparecer ao Banco de Sangue, como forma de reduzir a circulação de não doadores e para evitar aglomeração de pessoas no local, a equipe recomenda:

- Não vá acompanhado, principalmente com crianças e idosos ou por pessoas apresentando sintomas gripais; procure orientação ligando para o banco de sangue caso queira ir em grupo maior que seis pessoas para doação para evitar aglomerações, o que não é recomendando nesse período;

- Doadores que vão tomar a vacina contra influenza, poderão realizar a doação antes ou 48 horas após a vacinação. Já aqueles doadores que foram imunizados contra o sarampo poderão fazer a doação 28 dias após a vacinação;

- Candidatos que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que tiveram diagnóstico clínico/laboratorial ou com casos suspeitos em avaliação do Novo Coronavírus serão considerados inaptos por 30 dias;

- Candidatos que apresentam resfriado comum, sem história de viagem para áreas endêmicas ou contato com pessoas provenientes dessas áreas: apto 7 dias após o término dos sintomas;

- Demais critérios serão avaliados individualmente de acordo com as legislações vigentes. Caso tenha alguma dúvida relacionada a doação de sangue, o contato pode ser feito pelos telefones: (28) 3526-6232 ou (28) 3526-6234.