Praia de Vila Velha concorre a mais um projeto de turismo

Geral

Praia de Vila Velha concorre a mais um projeto de turismo

O projeto "Brasil, Essa é Nossa Praia" é o segundo de valorização do turismo que a Praia da Sereia participa neste ano. A praia também foi selecionada para o projeto internacional "Bandeira Azul"

Gabriel Barros da Silva Eduardo

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação/ Prefeitura de Vila Velha

A Praia da Sereia, em Vila Velha, concorre ao projeto "Brasil, Essa é a Nossa Praia", promovido pelo Ministério do Turismo. A iniciativa busca promover ações de boas práticas em turismo e de gestão das orlas em todo o país.

Esse é o segundo reconhecimento concedido para a praia do município canela-verde. A Praia da Sereia está entre os 28 pontos do litoral brasileiro selecionado pelo projeto internacional "Bandeira Azul".

Para participar do projeto "Brasil, Essa é a Nossa Praia", as cidades precisam fazer parte do Mapa do Turismo Brasileiro e serem banhadas por águas federais. 

Realizado pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o projeto irá selecionar nove cidades que serão beneficiadas pelo Projeto Orla. 

As atividades do projeto estão previstas para serem desenvolvidas durante um ano, a partir de dezembro. Além de Vila Velha, outros 15 municípios, dos 23 inscritos, tiveram as inscrições deferidas.

Os locais selecionados ganham um selo de qualidade nacional de sustentabilidade, que leva em consideração a qualidade da água, areia, acessibilidade, entre outros itens.

Entre os critérios de classificação no projeto estão: a participação no Programa Investe Turismo; o preenchimento do Termo de Adesão à Gestão de Praias; possuir um plano de Gestão Integrada da Orla; certificação de praias, como o programa Bandeira Azul; e possuir Unidade de Conservação em sua extensão.

O secretário de Turismo, Esporte e Cultura de Vila Velha, Paulo Renato Fonseca Júnior, destacou que o projeto é uma oportunidade para destacar o município no cenário nacional.

“Já conquistamos a certificação internacional do Bandeira Azul e, se formos contemplados com mais esse projeto, passaremos a ser uma referência capixaba e um ótimo produto turístico nacional”, disse.