Feminicídio: suspeito de matar companheira a facadas em Cariacica é preso

Polícia

Feminicídio: suspeito de matar companheira a facadas em Cariacica é preso

Elizângela Teixeira de Lacerda da Silva foi encontrada morta pela filha de 9 anos na manhã de sábado (20), no banheiro de casa, em Cariacica. Namorado se entregou à polícia

Foto: Reprodução

O  suspeito de matar a companheira a facadas, no último sábado (20), em Castelo Branco, Cariacica, foi preso em flagrante pela equipe da Delegacia Regional do município. O corpo de Elizângela Teixeira de Lacerda da Silva, de 36 anos, foi encontrado pela filha, de 9 anos, dentro do banheiro de casa. 

A Polícia Civil informou que já tinha a identificação do homem de 37 anos, e a prisão foi realizada cerca de doze horas após o crime. Familiares relataram aos policiais que o namorado tinha passado a noite na casa da mulher e saído do local pela manhã. Ele procurou a Delegacia Regional de Cariacica na noite de sábado (20).

Em depoimento, o homem alegou que fez uso de entorpecentes durante a noite, e que não lembrava de muita coisa. Segundo a polícia, ele afirmou ainda que só tinha uma vaga lembrança dele golpeando a companheira, mas não esclareceu o motivo para o crime.

O suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado por feminicídio, e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana. O procedimento será encaminhado à Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM), que concluirá o Inquérito.

O caso
Elizângela Teixeira de Lacerda da Silva foi encontrada morta na manhã de sábado (20), no banheiro de casa.  A perícia esteve na residência e constatou que, ao todo, foram cinco perfurações de faca. Pela rigidez cadavérica, os peritos estimaram ainda que o assassinato teria sido cometido durante a madrugada de sexta-feira para sábado. 

Segundo a polícia, ela morava com as duas filhas e com o namorado, que desapareceu logo após o crime. Dentro do banheiro onde o corpo da vítima foi encontrado, o espelho estava quebrado e havia muito sangue espalhado, o que indicaria uma possível briga.