• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dono de marmoraria reage a invasão e atira contra bandidos; um suspeito foi baleado

Polícia

Dono de marmoraria reage a invasão e atira contra bandidos; um suspeito foi baleado

Outro proprietário da empresa também acabou atingido por um tiro de raspão. Um dos criminosos conseguiu fugir

Foto: Reprodução TV Vitória

Uma invasão a uma marmoraria do bairro Vila Bethânia, em Viana, acabou com um suspeito baleado e um dos proprietários da empresa atingido de raspão por um tiro. De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 22 horas de domingo (25).

Um dos donos da empresa, que é familiar, contou para os policiais que ele e o irmão estavam em casa quando foram acionados pelo sistema de segurança do local. Após verificarem que dois homens invadiram a marmoraria, os proprietários resolveram ir até a empresa e ver o que estava acontecendo.

Um dos donos chegou até o local armado e entrou pelo portão principal, enquanto o outro foi pelos fundos. Assim que o irmão que estava armado entrou no pátio, deu de cara com os dois bandidos. 

A vítima contou para a polícia que um dos criminosos também estava armado e teria atirado. Ele, então, reagiu e atirou mais duas vezes. Porém, o outro dono da empresa, que não estava armado, acabou atingido no meio do tiroteio.

O proprietário baleado deixou a marmoraria assim que percebeu o tiro de raspão na barriga. Ele foi socorrido por parentes, levado para um hospital e teve alta ainda na madrugada desta segunda-feira (26).

Já o irmão ficou no local com o suspeito atingido até a chegada da polícia. O comparsa do criminoso conseguiu fugir. 

O invasor baleado foi detido pela PM e levado para o pronto atendimento Arlindo Vilaschi. Depois foi transferido para um hospital de Vitória. 

A Polícia Civil informou, por nota, que o suspeito, de 40 anos, foi autuado em flagrante por roubo majorado e assim que receber alta médica, será encaminhado ao Centro de Triagem de Viana. 

A vítima de 48 anos foi conduzida à Delegacia Regional de Cariacica para prestar esclarecimentos, e por entendimento da autoridade policial, agiu em legítima defesa e foi liberado para responder em liberdade. 

A arma utilizada foi apreendida e encaminhada para o setor do Departamento de Criminalística - Balística, juntamente com as munições. O caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Segurança Patrimonial, para maiores diligências do fato e apuração da responsabilização. 


* Com informações da repórter Jéssica Cardoso, da TV Vitória / Record TV