• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Especialista aponta hábitos simples para eliminar os riscos de desenvolver cárie

Saúde

Especialista aponta hábitos simples para eliminar os riscos de desenvolver cárie

Cárie não tratada pode evoluir para uma infecção na raiz do dente

Foto: Divulgação

A doença mais recorrente nos consultórios odontológicos é tão comum quanto fácil de prevenir. A famosa cárie que se configura pela falta de higiene, hábitos alimentares ruins ou hereditariedade, pode se manifestar em três tipos. A coronária ocorre quando a cárie se localiza na superfície dos dentes ou entre eles, já a radicular é mais frequente em pessoas de idade avançada, período da vida onde ocorre maior retração das gengivas, e por fim a cárie recorrente que costuma atingir restaurações já existentes.

Segundo o dentista Gustavo Menegucci a cárie, caso não seja tratada, pode evoluir para uma infecção na raiz do dente. “Nesses casos é necessário recorrer a cirurgias, tratamentos de canal ou até mesmo a extração do dente para reverter o problema”, alerta.

Como prevenir?

A prevenção é simples e deve se basear em alimentação, escovação e consultas periódicas. “A escovação deve ocorrer pelo menos três vezes ao dia, preferencialmente após as refeições. Já antes de dormir, a escovação é obrigatória pois nesse período a salivação diminui, aumentando a quantidade de bactérias”, explica Menegucci.

Na alimentação, o consumo de açúcares deve ser mais reduzido pois o ingrediente é o prato preferido das bactérias. “Além disso consumir bastante água ajuda a aumentar a salivação, que equilibra o pH da boca e o transforma em um enxaguante natural do organismo”, aponta.

Outro hábito alimentar que pode ajudar a prevenir o problema é aumentar a ingestão de cálcio. A substância reforça a estrutura dos dentes, aumentando assim a proteção contra cárie. “Laticínios e vegetais de folhas verde-escuras devem ser incorporadas na rotina alimentar para garantir a integridade dental”, recomenda.