Psicóloga dá 7 dicas para manter a saúde mental em dia. Confira!

Saúde

Psicóloga dá 7 dicas para manter a saúde mental em dia. Confira!

Cuidados com o sono, alimentação e convívio social saudável são algumas dicas para manter a mente funcionando bem.

Foto: reprodução pixabay

Imersos há quase dois anos em uma pandemia, as preocupações financeiras profissionais e o distanciamento social, muitas vezes, tornam difícil a tarefa de manter uma mente saudável. 

"Se a mente não está bem, isso vai refletir em todas as áreas da vida. Dar atenção e cuidar da saúde mental é cuidar da vida. Prevenir doenças físicas, enfrentar melhor os problemas e desafios da vida, ter um equilíbrio emocional", disse a psicóloga Marilene Kehdi. 

No dia 11 de outubro é celebrado o Dia Mundial da Saúde Mental, e a psicóloga Marilene Kehdi, especialista em atendimento clínico, separou algumas dicas para nos ajudar a manter a mente em dia. Confira:

1- Saúde mental boa é essencial - "A primeira coisa que deve ser pensada é refletir sobre seu estilo e dinâmica de vida e entender que a saúde mental repercute em todos os aspectos da vida", alerta Marilene

2- Dormir bem - Ninguém mantém a mente e o corpo saudável sem dormir corretamente. 

"É fundamental ter um sono de qualidade, ao dormir e renovar, acordar renovado você reduz o risco de depressão, pesquisas indicam que uma boa noite sono alivia e melhora os sintomas de alguns transtornos mentais como ansiedade, estresse, então é fundamental priorizar os horários de sono. Tem que ter horário para dormir, acordar, se alimentar, ter lazer, trabalhar e cuidar do sono", orienta a psicóloga.

3- Comer de forma saudável - Esqueça os excessos de comidas gordurosas. 

 "Uma dieta saudável, uma alimentação bem equilibrada colabora para saúde mental, ajuda a melhorar as funções cerebrais, a evitar picos de açúcar no sangue e com isso ajuda a evitar picos de ansiedade, crises de ansiedade e de compulsão. Alguns alimentos interferem no humor, na energia, na cognição, na memória. Pesquisas indicam que uma boa alimentação melhora os sintomas de transtornos mentais como a ansiedade, ajuda a prevenir a depressão", afirma Marilene.

4- Ter amigos - A vida social é importante para manter o equilíbrio. 

"A solidão pode levar à depressão, então faz muito bem para a saúde mental manter as amizades verdadeiras, que você sente que te fazem bem, ter uma rede social em que você confia, gosta, se relacionar com outras pessoas através da internet, conversando diariamente. O convívio social faz muito bem, desde que te faça sentir boas energias e boas emoções", conta.

5- Não ficar grudado em celular, computador e rede social - Ficar o tempo todo ligado em celular, computador, redes sociais sem um momento para relaxar não é indicado pela psicóloga. 

"Reservar tempo para ter lazer, valorizar as pequenas coisas, tudo de bom que acontece na vida, porque passar por situações de estresse uma vez ou outra é normal, entretanto o estresse crônico vai desencadear vários sintomas, doenças físicas e mentais"

6- Olhar o lado bom da vida - "Reservar tempo para ter lazer, valorizar as pequenas coisas, tudo de bom que acontece na vida, porque passar por situações de estresse uma vez ou outra é normal, entretanto o estresse crônico vai desencadear vários sintomas, doenças físicas e mentais", orienta a psicóloga

7- Procurar ajuda profissional - A última dica, mas não menos importante, é preciso ficar atento às mudanças de comportamento e tristeza muito longas. 

"A pessoa precisar prestar atenção se alguns sintomas ultrapassaram duas semanas, pro exemplo, uma tristeza persistente, uma apatia, uma ansiedade que ela não tem controle, um estresse que já está causando sintomas físicos, quando ela perdeu alguém e não está conseguindo superar esse luto. Em casos de separação, divórcio, situações que afetem a saúde mental. Se ultrapassar esse tempo é importante procurar um profissional", finaliza Marilene

*Com informações do Portal R7