Especialistas dão dicas de como largar na frente dos concorrentes na hora de fazer o currículo

Trabalho

Especialistas dão dicas de como largar na frente dos concorrentes na hora de fazer o currículo

Especialistas em gestão e contratação apontam que o currículo contemporâneo deve ter interatividade com o que o candidato posta nas redes

Marcelo Pereira

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

Na era da interatividade e da internet, um bom currículo, além de ser objetivo e direto, também não deve esquecer de dialogar com as redes sociais.  A consultora de desenvolvimento organizacional Roberta Kato, responsável pelo blog Gente e Gestão, aponta que um currículo assim leva vantagem ao unir informações básicas com aquilo que o candidato se expressa no ambiente virtual. "`É interessante que se acrescente um hiperlink em seu currículo para uma rede especializada como o LinkedIN ou para um perfil profissional. Pois assim, quem o analisa terá uma gama maior de informações e isso sempre é vantajoso", desenvolve. 

Com essa ligação, o currículo acaba se transformando num grande portfólio eletrônico. "Por meio das interações numa rede especializada a partir deste currículo, o recrutador pode, por exemplo, colher impressões de colegas de trabalho daquela pessoa em outra empresa", aponta. Roberta avalia que isso enriquece o currículo pois além de meramente trazer uma lista de habilidades e qualificações, também permite que o empregador saiba a maneira como o profissional se comportava e interagia no último trabalho. E num mundo onde cada vez mais é necessário saber conviver com pessoas das mais diversas opiniões e atitudes, essas informações contam como validação social.

Ambiente online 

A imagem do candidato percorrendo a cidade e deixando cópias de currículos no setor de recrutamento das empresas vai ficando cada vez mais no passado. "O currículo online já virou regra e o aumento do seu uso foi algo anterior à pandemia e a chegada das medidas de isolamento social. Aqui na consultoria, reparamos que, desde 2017, é cada vez mais raro receber currículos impressos", relembra.

Assim, usar o recurso da internet fica sendo obrigatório para quem procura um lugar no mercado. E, na hora de destacar o próprio currículo, há uma gama de ferramentas à disposição no ambiente online. 

Mas, atenção: a tecnologia é uma ferramenta, um meio, não a solução em si. É o que destaca o professor da Fundação Getúlio Vargas e pesquisador da área de currículos, Flávio Cavalcante. "Claro que sites que conglomeram currículos são excelentes. Contanto que seu currículo seja bom senão ele será mais um numa base de dados. Portanto, tenha o objetivo de elaborar um currículo atraente", reforça.  

Nova ferramenta

Pensando em quem procura uma vaga no mercado de trabalho, o jornal online Folha Vitória lançou a plataforma digital FV Currículos. A ferramenta ajudará o profissional a elaborar currículos com competências e expertises estratégicas, além de dispará-los para os empregadores em diversos setores.

A plataforma desenvolve páginas exclusivas, personalizadas, responsivas, com edição, layout e compartilhamento facilitados para cada usuário, além de integrar os currículos com a busca do Google e todas as soluções de empregabilidade disponíveis online, apresentando o candidato no melhor formato, informações e disponibilidade para os recrutadores, promovendo mais empregabilidade e prestação de serviço à sociedade.

Acesse agora a plataforma do FV Currículos

A visibilidade será permanente, com a possibilidade de fazer atualizações que estarão disponíveis até mesmo para quem está avaliando a sua contratação. 

"A grande vantagem de uma ferramenta como o FV Currículos é que ela permite mais agilidade pois dispara para diversos recrutadores simultaneamente. Assim, não é necessário que o interessado vasculhe site por site para se cadastrar e enviar o seu currículo", aponta Roberta.